Temer pede à AGU ação contra Joesley para reparar Tesouro


:: Kennedy Alencar em 17/06/2017 21:22 ::

O presidente Michel Temer disse ao SBT que pediu à Advocacia Geral da União para estudar medidas judiciais contra o empresário Joesley Batista e o grupo JBS por “danos à economia do país”. Temer afirmou que Joesley “mentiu e se fez de vítima” na delação e na entrevista à revista “Época”, causando prejuízos econômicos ao Brasil. Segundo ele, o Tesouro precisa ser reparado.

Essas medidas judiciais são diferentes dos processos pessoais que o presidente adotará a partir de segunda-feira: uma ação penal por calúnia, injúria e difamação e outra de indenização para ser doada a entidade beneficente.

O presidente também está contrariado com a Procuradoria Geral da República, que firmou o acordo de delação com Joesley.

Temer disse o seguinte ao SBT: “Se o Ministério Público não pretende tomar medidas judiciais contra um criminoso que mereceria dois mil anos de prisão, eu tomarei as medidas para colocá-lo na cadeia”.

*

Veto verde

O presidente disse ao SBT que vetará a medida provisória que diminuiu o tamanho de reservas indígenas na Amazônia. O Congresso desfigurou o projeto, aumentando áreas para desmatamento e uso agropecuário.

Na viagem internacional que fará a partir de segunda-feira, Temer pretende deixar claro que o Brasil seguirá o Acordo de Paris, sinal importante para os encontros que terá no exterior na próxima semana, sobretudo na Noruega. O presidente também visitará a Rússia.

Assista aos temas do “SBT Brasil”:
Clique na imagem para ver o vídeo:
0.jpg

Clique aqui para ver esta matéria na fonte original.

Anúncios