Juiz de Fora está entre as 25 cidades mais inteligentes do Brasil


:: Diário Regional em 20/06/2017 16:31 ::

Uma pesquisa realizada pela Urban Systems, empresa especializada em pesquisas e análises estatísticas mercadológicas no Brasil, apontou Juiz de Fora na 24ª colocação no ranking das cidades mais inteligentes e conectadas do Brasil. Em Minas Gerais, apenas a capital, Belo Horizonte, fica à frente de Juiz de Fora.

A pesquisa levou em consideração municípios que trabalharam com modelos de urbanização e gestão pública, que empregados a recentes avanços tecnológicos geraram mais eficiência e segurança. Foram avaliadas mais de 500 cidades brasileiras e 70 indicadores, como mobilidade, urbanismo, meio ambiente, energia, tecnologia e inovação, economia, educação, saúde, segurança, empreendedorismo e governança.

As chamadas Smarts Cities alavancam o desenvolvimento do país com iniciativas que aproximam cidadãos de serviços públicos, gerando maior qualidade de vida.

Em Juiz de Fora, desde 2013, medidas de modernização desses serviços são introduzidas na vida dos mais de 500 mil habitantes, sendo necessários estudos, pesquisas e planejamentos prévios. Esse já é o segundo resultado positivo que Juiz de Fora alcança em menos de um ano. Em junho de 2016, a cidade foi eleita a mais transparente do estado de Minas Gerais, de acordo com ranking do Ministério Público Federal (MPF).

O prefeito Bruno Siqueira destacou o empenho da Prefeitura de Juiz de Fora (PJF) para integrar o cidadão por meio de plataformas inteligentes. “Um cidadão informado tem mais consciência dos seus direitos e deveres e pode participar ativamente na construção de uma cidade melhor. Vamos continuar avançando com várias ações para fazer nossa cidade cada dia mais conectada e que seja um exemplo para Minas Gerais e todo o Brasil”.

TECNOLOGIA A SERVIÇO DO CIDADÃO

Alguns serviços implantados pela PJF contribuíram para o resultado no ranking das cem cidades mais inteligentes do Brasil. Em funcionamento desde 2014, o “Citta Mobi” integra o projeto “No ponto” e está disponível nos sistemas android e IOS. O aplicativo faz com que o cidadão se informe sobre as linhas de ônibus, o tempo de espera, além de fornecer informações sobre veículos adaptados, entre outros recursos. Segundo dados da Secretaria de Transporte e Trânsito (Settra), atualmente o “Citta Mobi” possui mais de 36 mil usuários ativos e cerca de 250 mil downloads. Além disso, Juiz de Fora é a primeira cidade de Minas Gerais a adotar o “Colab.re”, plataforma que permite que o usuário interaja diretamente com os setores da Prefeitura, fazendo solicitações de reparos e propondo maneiras para melhorar o espaço público. Só no setor de Obras, que incluem reparos no asfalto e em bueiros e manutenções de pequeno porte, 700 demandas foram atendidas de janeiro de 2015 a maio de 2017.

Em 2016, o aplicativo “Descarte.me” foi lançado, com o objetivo de avisar ao cidadão o dia e horário em que o caminhão de coleta passará em frente a sua residência, evitando que os resíduos sejam deixados nas calçadas muito antes do horário da coleta, evitando o mau cheiro e obstrução de passagem de pedestres. De acordo com a PJF, o objetivo é trabalhar na manutenção desses serviços, com o objetivo de melhorá-los a cada dia e criar mais plataformas que facilitarão a vida de todos os juiz-foranos.

Fonte: Assessoria

Clique aqui para ver esta matéria na fonte original.

Anúncios