Modernizar? Reforma só reciclou fórmulas de 200 anos atrás, diz procurador do Trabalho


:: GGN em 14/07/2017 13:29 ::

Categoria:

Trabalho

Foto: Antônio Cruz/Agência Brasil

ccj_002-850x5521499893129.jpg

Jornal GGN – O procurador-geral do Trabalho Ronaldo Fleury afirmou em entrevista divulgada pela Folha, nesta sexta (14), que a reforma trabalhista do governo Temer não modernizou a legislação vigente e tampouco foi feita para criar mais empregos.

“Não. O que está se criando são estruturas legais, fórmulas de trabalho que existiam 200 anos atrás, como a própria jornada intermitente”, disparou.

Segundo Fleury, “todas as propostas ali estão redigidas para beneficiar o mau empregador, sempre deixando margem para uma precarização das relações de trabalho.”

Ao comentar a questão da jornada intermitente, o procurador disse que a reforma está institucionalizando fraudes trabalhistas.

leia mais

Clique aqui para ver esta matéria na fonte original.

Anúncios
Postado em GGN