Temer teria encontro com Joesley nos EUA gravado pelo FBI, mas acabou escapando


:: GGN em 18/07/2017 10:01 ::

Categoria:

Justiça

Foto: Agência Brasil

1069585-vac__abr_16-03-2017-1082.jpg?quality=70&strip=info&w=680&h=453&crop=1

Jornal GGN – Um dos jornais da família Marinho revelou nesta terça (18) que autoridades dos Estados Unidos foram acionadas pelas brasileiras para gravar um eventual encontro de Michel Temer com Joesley Batista, em Nova York, na cobertura do empresário da JBS.

A ação controlada não saiu do papel porque Temer não viajou aos Estados Unidos naquela semana, preocupado com a aprovação das reformas no Congresso.

Segundo o Valor Econômico, o encontro nos Estados Unidos poderia ter ocorrido no dia 17 de março, mas quem viajou em nome de Temer foi o ex-deputado federal Rodrigo Rocha Loures, para um evento da Câmara Americana de Comércio em homenagem a João Dória Junior (PSDB).

O vazamento do grampo feito pelo próprio Joesley de conversa com Temer no Jaburu, um mês antes, ocorreu no dia 18 de março.

leia mais

Clique aqui para ver esta matéria na fonte original.

Anúncios
Postado em GGN