Equipe Sônico vence competição LinusBot


:: UFJF em 14/11/2017 16:33 ::

24547209678_f2fd7f4f62_z-630x410.jpg

Robô construído por calouros da Engenharia Elétrica fez o circuito em 35 segundos (Foto: Alexandre Dornelas/UFJF)

A equipe Sônico foi a campeã da sétima edição da LinusBot, competição que contou com a participação de cinco equipes, formadas apenas por calouros da Faculdade de Engenharia Elétrica da Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF).

A competição foi realizada na tarde desta terça-feira, 14, no Anfiteatro da Faculdade de Engenharia.

As equipes Voltswagen, Sônico, Dom Dom Doom, Thunder e Eletricbots criaram modelos do robô Linus, capazes de completar um circuito reconhecendo uma linha preta no chão. Este reconhecimento é feito por sensores instalados na parte de baixo dos robôs, e, na parte da frente, por sensores sônicos que identificam a distância do robô em relação ao obstáculo colocado na pista, fazendo-o desviar do mesmo. Além da construção dos robôs Linus, os estudantes precisavam criar também um código que os guiasse durante a prova.

Cada time tinha oito minutos para completar o máximo de voltas possível, sendo obrigatório dar ao menos uma volta completa na pista. O robô da Sônico fez o trajeto mais rápido, em 35 segundos e 199 milésimos, seguido pelo da Voltswagen, que completou duas voltas, sendo que a mais rápida delas foi de 37 segundos e 325 milésimos. A terceira colocada foi a equipe Thunder, com seu robô, Pikachu, que gastou 37 segundos e 773 milésimos para fazer a volta, seguida pelo robô da Dom Dom Doom, que gastou 44 segundos e 555 milésimos. O último colocado foi o Linus da Eletricbots, que fez a volta em 48 segundos e 103 milésimos.

Hugo Alves faz parte da equipe campeã e conta que a vitória foi inesperada. “Tivemos problemas técnicos ontem e nosso robô só ficou pronto hoje de madrugada, pois precisamos trocar alguns componentes, como o motor. Essa reviravolta surpreendeu a todos nós e vimos que realmente não poderíamos ter deixado para lá. Aproveitamos para agradecer à equipe Rinobot, que nos emprestou um motor para podermos participar da competição hoje.”

Entre os desafios encontrados pelos estudantes, a criação do código que orientaria o robô foi a parte mais destacada por eles. “Tivemos algumas dificuldades, mas os monitores do PET nos ajudaram o tempo todo e, no fim, foi um desafio divertido de participar, já no primeiro período da faculdade. Este é um semestre mais teórico e, com a competição, pudemos ter um pouco de prática desde o início da graduação”, afirma Álvaro Costalonga, da equipe Eletricbots.

Para participarem da LinusBot, as equipes receberam monitoria dos alunos veteranos que participam do Programa de Educação Tutorial (PET), responsáveis pela organização da competição. A integrante do PET, Ana Paula Zampier, avalia a prova como um sucesso. “O mérito é todo das equipes, pois elas se dedicaram totalmente aos seus projetos. Não esperávamos uma plateia e uma torcida tão empolgadas como a que tivemos. O pessoal estava bem animado em dar suporte aos robôs de suas equipes.”

Durante a competição, houve um quiz com a plateia e sorteio de brindes. As equipes Sônico e Thunder receberam prêmios dos patrocinadores do LinusBot, por ter conquistado o primeiro lugar e por ter a torcida mais animada da competição, respectivamente.

37704016464_2d95d347d3_z-630x445.jpg

Equipe Thunder recebeu o prêmio de torcida mais animada da competição (Foto: Alexandre Dornelas/UFJF)

Clique aqui para ver esta matéria na fonte original.

Anúncios