Duas empresas devem recorrer contra resultado da licitação


:: TM Economia em 05/01/2018 21:01 ::

Duas empresas interessadas em administrar o Aeroporto Francisco Álvares de Assis, o Serrinha, manifestaram intenção de interpor recurso contra o fato de a AMD Estações de Telecomunicações e Tráfego Aéreo Ltda., de Juiz de Fora, ter sido anunciada a vencedora da licitação. São elas: Infracea (Infraestrutura em Controle do Espaço Aéreo e Aeroportos e Capacitação Ltda.) e Sociedade Nacional de Apoio Rodoviário e Turístico Ltda (Sinart). A primeira foi desclassificada, e a segunda, considerada inabilitada no processo. A AMD, que inicialmente também havia sido desclassificada da licitação, conseguiu voltar ao certame por força de decisão judicial e foi declarada vencedora na quarta-feira.

Conforme a Comissão Permanente de Licitação (CPL), encerrado o prazo para manifestação de interesse de questionar o resultado, na próxima semana – entre segunda e quarta-feira -, as duas empresas poderão formalizar o recurso propriamente dito.

Em seguida, será aberto prazo de três dias para contrarrazão, que consiste na formalização de razão que impugna as oferecidas pelas outras partes.

Conforme estava previsto no edital, venceria a empresa que apresentasse a proposta de menor preço mensal. Com valor lançado de R$ 100 mil por mês para administrar o Serrinha, a AMD foi anunciada vencedora. Os valores apresentados pelas demais concorrentes foram: Sinart (R$ 140 mil), Reyco Sistemas e Serviços de Sinalização Ltda (R$ 143 mil), Betel Serviços Auxiliares de Transportes Aéreos Ltda (R$ 149.060,92) e Infracea (R$ 199.248,74). A CPL não tem previsão para assinatura do contrato e início da operação propriamente dita.

The post Duas empresas devem recorrer contra resultado da licitação appeared first on Tribuna de Minas.

Clique aqui para ver esta matéria na fonte original.

Anúncios