Um grupo de WhatsApp e uma página no Facebook para saquear lojas no México


:: El Pais em 06/01/2018 11:51 ::

“Na praça Bella às 6 e na entrada às 2”, escreve Sebastián. “Vão nos ganhar, tenho certeza”, responde Brandon. “É cedo justamente para que não nos ganhem”, insiste Sebastián. São quase 2h da manhã de quinta-feira. Brandon e Sebastián discutem por WhatsApp o assalto à praça Bella Mexiquense, um centro comercial em Tecamac, na zona metropolitana da Cidade do México. Quase 24 horas mais tarde, passada a meia-noite de sexta-feira, há 16 presos: nove foram detidos por roubo, agressões e desacato à autoridade, quatro por assaltar a loja de departamento Coppel e três por saquear uma Oxxo, a maior rede de lojas de conveniência do país.

Uma onda de 33 tentativas de saque nos últimos dois dias assombra o Estado do México, e muitas delas foram organizadas com o apoio de grupos de WhatsApp, páginas do Facebook e hashtags no Twitter.

Seguir leyendo.

Clique aqui para ver esta matéria na fonte original.

Anúncios