Desmandos e impunidade ameaçam tartarugas


:: El Pais em 07/01/2018 11:42 ::

A proteção das tartarugas-da-amazônia, tracajás e pitiús que desovam no Tabuleiro do Embaubal é um imbróglio que envolve o Instituto de Desenvolvimento Florestal e da Biodiversidade do Estado do Pará (Ideflor-bio), a Norte Energia SA, empresa concessionária da Usina Hidrelétrica de Belo Monte, e a prefeitura do município de Senador José Porfírio. Assim, um dos atores, a Norte Energia, é justamente o causador de vários problemas que hoje atingem os quelônios do Tabuleiro, assim como de outras regiões da bacia do Xingu, ao provocar o desequilíbrio dos ecossistemas com a construção de Belo Monte.

O município de Senador José Porfírio é liderado pelo prefeito mais controverso de uma região pródiga em prefeitos controversos. Só para lembrar: em 29 de novembro, Dirceu Biancardi (PSDB) invadiu o auditório da Universidade Federal do Pará, em Belém, trancou professores, pesquisadores e estudantes na sala e impediu um debate sobre a instalação da mineradora canadense Belo Sun, tornando-se uma má notícia internacional. É fácil perceber por que a proteção das tartarugas está comprometida.

Seguir leyendo.

Clique aqui para ver esta matéria na fonte original.

Anúncios