Guerra entre a soja e as florestas no norte argentino


:: El Pais em 07/01/2018 18:02 ::

Imaginemos que um dia deixem de existir Boston, Tóquio, Los Angeles e Chicago e que, no lugar dessas grandes cidades, se estendam amplos campos com soja, milho e girassol. Imaginemos, também, que as populações que ali vivem fiquem confinadas em uma pequena terrinha poluída. Difícil de acreditar. No entanto, é o que acontece com as florestas nativas da Argentina há oito anos, nos quais já se perderam 750.000 hectares. A superfície é comparável à de qualquer das cidades citadas ou à quantidade de terra produtiva da zona central do país que ficou submersa em 2017, entre outras razões, por causa do desmatamento perpetrado alguns quilômetros ao norte.

Seguir leyendo.

Clique aqui para ver esta matéria na fonte original.