“Perder Evo Morales seria um suicídio político”, diz vice-presidente da Bolívia


:: El Pais em 07/01/2018 19:22 ::

Inseparável companheiro de Evo Morales durante os últimos 12 anos, o vice-presidente da Bolívia, Álvaro García Linera (Cochabamba, 1962), não buscará uma nova reeleição em 2019, mas acredita que é imprescindível que Morales o faça, pois sua capacidade para “unificar os subalternos” — diz — não pode ser perdida “pelo apego morto à palavra institucional da democracia representativa”.

Seguir leyendo.

Clique aqui para ver esta matéria na fonte original.