Uma história de inovação e coragem


:: TM Especiais em 07/01/2018 07:12 ::

unimed-jf.jpgOs diretores Glauco Corrêa de Araújo, Nathércia Abrão e DarlamKneipp, na entrega do Oscar da Saúde, conferido ao presidente da Unimed, Hugo Borges

2018 marcará a história do Brasil e mundial com as eleições presidenciais e a Copa do Mundo, mas seja qual for o resultado que o futuro nos reserva nas urnas e nos gramados, quando corações batem forte, em Juiz de Fora o ano se inicia com a aposta que a saúde vai melhorar.

E os motivos começam amanhã, 8 de janeiro, quando a Unimed Juiz de Fora, cooperativa médica que figura na lista dos 50 maiores planos de saúde do Brasil, alcança a marca dos 45 anos de história. Em plena maturidade, a organização – que tinha 20 médicos cooperados em 1973 e hoje conta com 1400 -completa com a inauguração de seu hospital próprio, no primeiro trimestre do ano, o elo da atenção integral à saúde centrada no humano.

arte-unimed-dupla2.jpgAlém do alto nível assistencial e de gestão, atestado entre outros pelo recente Selo Ouro de qualidade, conferido pela Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), há um modelo econômico bem-sucedido iniciadona Inglaterra em 1844: o cooperativismo.“A Unimed é o maior sistema de cooperativas da área da saúde do mundo e, segundo a 6ª edição anual do Monitor Cooperativo Mundial, apresentada pela Aliança Cooperativa Internacional e pelo Instituto Europeu de Investigação sobre Empresas Cooperativas e Sociais (Euricse), ocupa a 18ª posição no ranking das 300 maiores do mundo”, observa o presidente da Unimed do Brasil, Orestes Pullin.

“Enquanto a marca Unimed completa 50 anos de atuação no mercado de saúde suplementar, a Unimed Juiz de Fora já celebra seus 45 anos, tendo crescido e se consolidado como uma pioneira no Sistema”, acrescenta Pullin, que partilha da mesma opinião do presidente da Unimed Participações, Nilson May. “A Unimed Juiz de Fora atesta o espírito de inovação e pioneirismo do Cooperativismo Unimed, que assim reforça sua posição de destaque no contexto nacional”.

Para o presidente da Central Nacional Unimed, Alexandre Ruschi, a força do cooperativismo está em sua essência, princípios democráticos e igualitários.​“A Unimed Juiz de Fora é sucesso por ter entendido sua função junto às comunidades em que atua”, diz Ruschi. E, ainda, por ter se tornado grande parceira de um sistema que, por sua origem e essência, estimula a troca e a partilha de experiências e das boas práticas, completa o presidente da Seguros Unimed, Helton Freitas.

Hospital será marco da maturidade

unimed-jf-2.jpgHospital Unimed completa o modelo de atenção integral à saúde, com visão holística e disruptiva (Foto: Kempton Vianna)

Resultante de investimento de cerca deR$ 100 milhões, com oferta de 190 leitos, o hospital da Unimed Juiz de Fora marcará os 45 anos da cooperativa. “Baseado essencialmente na excelência de gestão, esse hospital é fruto de muito planejamento e da adoção de soluções tecnológicas mais eficientes e de efetivo controle sobre os processos. Isso contribuirápara o funcionamento adequado dos serviços, sempre com foco no acolhimento das pessoas”, explica o presidente da Unimed Juiz de Fora, Hugo Borges.

Para o presidente da Central Nacional Unimed, Alexandre Ruschi, “recursos e serviços próprios fortalecem as cooperativas Unimed e os cooperados da marca. Também contamos com estes recursos para o modelo de Atenção Integral à Saúde, em implantação na Unimed, que amplia a racionalidade na medicina suplementar​, ​reduz custos e melhora o atendimento, com foco em duradouro relacionamento do médico com o paciente”, diz.

“Mesmo com o cenário de pessimismo que se abateu sobre o país recentemente, não nos deixamos levar pelas notícias que varreram o país. Na contramão do mercado,conseguimos manter a sustentabilidade econômico financeira, que fez toda a diferença nos resultados obtidos pela cooperativa em 2017”, afirma o diretor administrativo financeiro, Darlam Kneipp, acrescentando que a nova unidade hospitalar virá somar a uma rede prestadora altamente qualificada.

“Nosso modelo de atenção à saúde é integral com foco na qualidade assistencial e na segurança do paciente, principalmente, agora, com a chegada do novo hospital que terá um acolhimento verdadeiramente humanizado”, observa a diretora de Provimento de Saúde, Nathércia Abrão.

Para o diretor de Relacionamento e Mercado, Glauco Corrêa de Araújo, mais que um balanço bem-sucedido, os 45 anos são resultado de medidas adotadas diante das necessidades do mercado, do próprio negócio, de regulamentações da ANS. “São frutos também da gestão democrática e transparente, do compromisso cooperativista na tomada das decisões. Não há segredo de sucesso. Há trabalho, responsabilidade e ética”.

arte-unimed-dupla-1.jpg

The post Uma história de inovação e coragem appeared first on Tribuna de Minas.

Clique aqui para ver esta matéria na fonte original.

Anúncios