Bolsonaro reage mal a corredor polonês


:: Kennedy Alencar em 08/01/2018 11:03 ::

Foi inadequada a reação do deputado federal Jair Bolsonaro à reportagem de domingo na “Folha de S.Paulo” sobre sua a evolução patrimonial. A reportagem revelou que Bolsonaro e filhos são proprietários de 13 imóveis no Rio de Janeiro com preço de mercado de R$ 15 milhões.

Segundo a reportagem, há registros de compra com valor abaixo do de mercado. Num blog, Bolsonaro disse que a reportagem trazia “calúnias”, “mentiras” e “baixaria”.

Como dizem os defensores da candidatura presidencial do deputado, é melhor ele já ir se acostumando. Esse é o trabalho da imprensa.

Campanha presidencial é um teste de resistência e consistência.

Todo candidato deve explicações sobre a formação do seu patrimônio. Melhor do que recorrer a respostas como “calúnia”, “mentiras” e “baixaria” seria contestar objetivamente os dados da reportagem. O jornal afirma que o deputado não quis responder a questionamentos.

Esse corredor polonês, no qual a vida do candidato é escrutinada, faz parte da política e, sobretudo, de uma campanha presidencial. Esse corredor polonês é um dos fatores que jogam contra a candidatura de Luciano Huck, que também teria sua vida pessoal e empresarial examinada de A a Z.

Ouça o comentário no “Jornal da CBN”, que também falou de movimentos de FHC e Luciano Huck na sucessão presidencial:

Clique aqui para ver esta matéria na fonte original.

Anúncios