O acúmulo de lenços umedecidos ameaça entupir Nova York


:: El Pais em 12/01/2018 17:47 ::

A PRIMEIRA NOTÍCIA da presença de jacarés nos esgotos de Manhattan data de 1935, quando vários trabalhadores da rede de saneamento de Nova York juraram que os tais sáurios eram albinos, seus olhos eram vermelhos e mediam quase dois metros. Teddy May — encarregado dos esgotos de Nova York entre 1935 e 1965 — espalhou iscas envenenadas na rede e organizou batidas de caçadores armados com rifles de grosso calibre, graças aos quais pôde anunciar em 1937 que os Sewer alligators tinham sido eliminados. No entanto, anos mais tarde Rober Daley dedicou um capítulo aos jacarés dos esgotos em The World Beneath the City (1959) e Thomas Pynchon os incluiu em seu primeiro romance, V.

(1963). Assim, embora sua existência não tenha sido constatada por ninguém, os jacarés do esgoto são tão conhecidos que todo 9 de fevereiro é celebrado em Nova York o Alligators in the Sewers Day, festa que serve para arrecadar fundos pró-manutenção do nível ecológico da água da Grande Maçã, pristina pureza ameaçada em nossos dias por mortíferas baleias brancas que causam colapso nas redes e destroem os ecossistemas do inédito Crocodilus eloacae Vovi eboracensis ou jacaré do esgoto de Nova York da vida inteira.

Seguir leyendo.

Clique aqui para ver esta matéria na fonte original.