O mundo contra Trump: “não há países de merda”


:: El Pais em 13/01/2018 15:24 ::

Os insultos racistas do presidente dos Estados Unidos deram a volta ao mundo. Sua frase “porque recebemos pessoas de países de merda”, gerou amplo repúdio dentro e fora dos EUA. Nesta sexta-feira, a Organização das Nações Unidas (ONU), a União Africana, o Haiti e El Salvador criticaram fortemente os rompantes de Donald Trump, que se referiam a imigrantes dessas duas nações e de países africanos residentes nos EUA.

O embaixador norte-americano no Panamá deixou o cargo afirmando que “não posso mais atuar sob o Governo de Trump”. Paul Ryan, líder dos republicanos no Congresso, qualificou as palavras de Trump de “infelizes e pouco úteis”.

Seguir leyendo.

Clique aqui para ver esta matéria na fonte original.

Anúncios