Margarida repudia trabalho escravo na Zona da Mata


:: Margarida Salomão em 06/02/2018 19:58 ::

Quero manifestar meu repúdio e indignação com a notícia de que hoje foram encontrados 40 trabalhadores vivendo em regime de trabalho análogo à escravidão, aqui em Santa Bárbara do Monte Verde, há 60km de Juiz de Fora. Segundo foi noticiado, essas pessoas estavam vivendo em alojamento precário, trabalhando sem EPIs e até com carteiras de trabalho apreendidas.

Essa é mais uma notícia entre as inúmeras que surgem desde que o golpe tomou conta do país. É um reflexo das reformas do governo Temer, que atacam a dignidade e os direitos de trabalhadores e trabalhadoras. A Trabalhista já esta em vigor, mas estamos travando uma dura batalha para impedir a aprovação da Reforma da Previdência.

É para que casos como esse não se repitam que seguimos lutando contra esse governo golpista que despreza o Ministério e a Justiça do Trabalho e ataca, sistematicamente, os direitos de quem mais precisa, enquanto entrega o patrimônio brasileiro e faz concessões ao grande empresariado e aos especuladores internacionais.

Aos trabalhadores em questão, minha solidariedade.

Às equipes da Superintendência Regional do Trabalho, do Ministério Público do Trabalho e da Polícia Rodoviária Federal, que coordenaram a operação em questão, meus cumprimentos.

The post Margarida repudia trabalho escravo na Zona da Mata appeared first on Margarida Salomão.

Clique aqui para ver esta matéria na fonte original.