Perseguição do chavismo obriga quatro jornalistas a saírem da Venezuela


:: El Pais em 06/02/2018 11:47 ::

O chavismo volta a ameaçar a liberdade de imprensa. Dessa vez, as vítimas são os três editores e um redator do portal venezuelano Armando.info. Uma investigação sobre o negócio por trás do plano estatal de distribuição de alimentos chamado Comitês Locais de Abastecimento e Produção (CLAP) causou uma perseguição dos setores governistas através de um processo. A ameaça obrigou os quatros jornalistas a abandonarem a Venezuela antes que tivessem seus passaportes retirados pela impossibilidade de enfrentar um julgamento imparcial. São eles Alfredo Meza, Ewald Scharfenberg – ambos colaboradores habituais do EL PAÍS em Caracas –, Joseph Poliszuk e Roberto Deniz.

Seguir leyendo.

Clique aqui para ver esta matéria na fonte original.

Anúncios