Um gigantesco embarque de boi vivo expõe nova batalha entre a gestão Temer e ativistas


:: El Pais em 06/02/2018 20:22 ::

No último sábado à noite, o ar de Santos, uma das principais cidades do litoral paulista, exalava esterco. Era o odor dos excrementos de mais de 25.100 bois confinados no navio Nada, de bandeira panamenha, parado no porto da cidade havia oito dias. Eles seriam exportados para a Turquia, mas uma decisão judicial proibia a saída da embarcação, onde uma perícia constatou maus-tratos aos animais. O navio acabou partindo na noite de domingo, após intervenção do Governo Michel Temer e da bancada ruralista, representada no Ministério da Agricultura pelo ministro, Blairo Maggi.

Mas o caso se tornou um símbolo para ativistas, que prometem mais protestos e pretendem pautar o Congresso Nacional para tentar a proibição do tipo de transporte no país —um projeto de lei foi protocolado na Câmara nesta segunda-feira, pelo deputado Ricardo Tripoli (PSDB-SP).

Seguir leyendo.

Clique aqui para ver esta matéria na fonte original.

Anúncios