Mulher esfaqueia outra dentro de Cia da PM na Cidade Alta


:: TM Cidade em 07/02/2018 13:07 ::

Uma tentativa de assassinato ousada e inusitada foi registrada pela Polícia Militar dentro de sua própria sede da 99ª Companhia, na noite de terça-feira (6), na Cidade Alta, em Juiz de Fora. Uma mulher de 30 anos esfaqueou outra, 37, na frente dos policiais militares, enquanto a vítima registrava uma ocorrência de ameaça contra a suspeita, por volta das 19h. De acordo com informações da PM, a agressora seria ex-companheira do atual parceiro da pessoa ferida e teria chegado ao local alegando que iria apresentar sua versão do caso. Em determinado momento, ela pediu para ir ao banheiro e, ao retornar, já estava armada com uma faca, golpeando a concorrente na altura do pulmão.

O homem, 36, que seria o pivô da desavença, também presenciou a ação criminosa.

A vítima, moradora do São Pedro, foi socorrida pelos militares e encaminhada ao HPS. Ela não teve o órgão perfurado e permaneceu internada na unidade para ser submetida a exames, mas sem risco de morrer, conforme a PM. Já a suspeita, residente no Jardim Casablanca, na mesma região, foi presa e levada para a 1ª Delegacia Regional, em Santa Terezinha. Segundo a assessoria da Polícia Civil, ela teve o flagrante confirmado por tentativa de homicídio e foi conduzida à Penitenciária Ariosvaldo Campos Pires, onde permaneceu à disposição da Justiça.

Ameaça

De acordo com a PM, a ameaça sofrida inicialmente aconteceu momentos antes, quando o casal trafegava de carro pela Avenida Pedro Henrique Krambeck, no São Pedro. Segundo a denúncia, a ex-mulher do motorista teria entrado na frente do veículo, portando faca em uma das mãos. O homem conseguiu acelerar, desviando dela, e seguiu até a unidade policial.

Conforme o boletim de ocorrência, quando um cabo ouvia o relato das vítimas, a suspeita teria ligado para a mulher dizendo que iria esperá-la para matá-la, “pois assim deixaria o caminho do seu ex livre”. Ainda ao telefone, a pessoa ameaçada afirmou estar registrando o crime, e a suspeita se prontificou a comparecer à Companhia da PM para contar sua versão.

Chegando ao local, a suposta autora se identificou e, a pedido do cabo, levantou a blusa a fim de ser verificada a possível presença de alguma arma. Como nada foi constatado, o militar continuou ouvindo as partes envolvidas. Outro policial foi orientado a seguir até o posto do São Mateus para pegar o termo de comparecimento à Justiça porque, até aquele instante, se tratava de uma ameaça. No entanto, quando a equipe entrou na viatura, ouviu um barulho vindo do interior da Cia e já encontrou a vítima caída no chão, com sangramento na lateral esquerda do tórax.

A agressora foi contida imediatamente. Ao ser questionada sobre o motivo de sua ação, ela se resumiu a dizer que já havia registrado ocorrência contra seu ex em data anterior. De acordo com a PM, a mulher confirmou ter retirado a faca de suas vestes quando foi ao banheiro, golpeando a vítima em seguida. Ainda conforme o registro policial, na ocasião do socorro, a suspeita gritou à vítima que “queria vê-la sangrando como uma galinha”. Ela também teria ofendido os militares. O caso seguiu para investigação na Delegacia Especializada de Homicídios.

The post Mulher esfaqueia outra dentro de Cia da PM na Cidade Alta appeared first on Tribuna de Minas.

Clique aqui para ver esta matéria na fonte original.

Anúncios