Empresa incubada no Critt vence segunda fase de concurso na USP


:: UFJF em 08/02/2018 14:57 ::

Na última sexta-feira, 2, a Imersa, uma das empresas incubadas no Centro Regional de Inovação e Transferência de Tecnologia (Critt), da Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF), saiu vencedora da segunda etapa do programa Campus Mobile na categoria Facilidades. O programa, que começou em 2012, tem o objetivo identificar, estimular e contribuir para a formação de jovens talentos universitários para atuação no desenvolvimento de conteúdos e novos serviços de telefonia móvel e contribuir para o desenvolvimento social do Brasil.

imersa-630x420.jpg

Entre 600 projetos de 22 estados, foram selecionados 45, divididos nas categorias facilidades, jogos e educação.

Equipe de Juiz de Fora avança na categoria “Facilidades” (Foto: Divulgação)

Na sexta edição, que começou no ano passado, foram inscritos cerca de 600 projetos de 22 estados diferentes. Desse total, foram selecionados 45 empreendimentos – divididos em três categorias: facilidades, jogos e educação – para avançar no programa e receberem dois meses de mentoria online para participarem da semana presencial na Escola Politécnica da Universidade de São Paulo (USP).

Durante a semana presencial, os empreendedores tiveram contato com profissionais renomados, além de participarem de palestras, oficinas e interação com outros estudantes, o que, na avaliação dos sócios, ajudou no desenvolvimento e no crescimento pessoal e profissional dos empreendedores e no desenvolvimento e viabilização das ideias de aplicativos e serviços.

A avaliação dos projetos foi feita por bancas que incluíam membros da organização do programa, da Escola Politécnica da USP e de empresas parceiras, como Claro, Qualcomm, Mobile e Accenture. Nesta fase, foram selecionados três projetos por categoria, que agora terão metas estipuladas para cumprirem nos próximos dois meses.

Além das compensações financeiras do programa, o melhor projeto de cada categoria é premiado com uma viagem para a cidade de San Francisco e ao Vale do Silício, nos Estados Unidos, com visita à Universidade de Stanford, que ocorrerá no mês de setembro de 2018.

Sobre a Imersa
A Imersa é uma startup de base tecnológica que atua no campo de economia criativa e tem o objetivo de combinar tecnologias avançadas de inteligência artificial e machine learning em contextos de Big Data, com especialistas criativos para contar histórias engajadoras em diferentes plataformas. Fundada em 2017, a empresa está incubada no Critt/UFJF.

imersa1-300x200.jpg

Startup Imersa tem base tecnológica e atua no campo de economia criativa, combinando inteligência artificial e machine learning em contextos de Big Data (Foto: Divulgação)

A primeira solução a ser desenvolvida pela Imersa é Memórias Imersivas, que representa a evolução tecnológica do álbum de recordações, incluindo diversos tipos de arquivos e pontos de vista para registrar acontecimentos especiais de forma digital e personalizada. O produto é uma plataforma web e mobile que transforma todos os textos, fotos e vídeos relacionados a uma experiência inesquecível, como viagens, formaturas e casamentos, em uma narrativa interativa que fica armazenada na nuvem e pode ser acessada através de notebooks, tablets, smartphones e SmartTVs de forma vitalícia.

A Imersa utiliza um processo inovador para transformar as mídias em uma narrativa personalizada, que combina a tecnologia e inteligência do software com um time qualificado de edição criativa, formado por designers, ilustradores, editores e redatores. Essa combinação permite que a empresa entregue seus produtos de uma forma muito mais eficiente e com qualidade similar à de profissionais, sendo dez vezes mais rápidos que as soluções tradicionais e por uma fração do preço que é cobrado no mercado hoje.

A empresa atualmente conta com um time de cinco colaboradores e está levantando recursos para desenvolver sua plataforma por completo. Os sócios acreditam que o programa Campus Mobile foi essencial para trazer reconhecimento para o projeto e que este facilitará muito a empresa na captação de fomento, busca por investidores e posterior inserção do produto no mercado.

Sobre o Programa
O Campus Mobile é uma iniciativa do Instituto NET Claro Embratel, em parceria com a Associação do Laboratório de Sistemas Integráveis Tecnológico (LSI – TEC), e com o apoio do Laboratório de Sistemas Integráveis da Escola Politécnica da Universidade de São Paulo (LSI-USP).

Outras informações
32 2102-3435 – Critt

Clique aqui para ver esta matéria na fonte original.

Anúncios