Fiscalização será reforçada nas estradas da região durante o carnaval


:: TM Região em 08/02/2018 18:47 ::

Cerca de 340 mil veículos devem trafegar pela BR-040, entre Rio de Janeiro e Juiz de Fora, durante o período de carnaval, conforme estimativa da Concer, empresa responsável pela administração do trecho. Desta sexta-feira (9) até a Quarta-Feira de Cinzas (14), a concessionária desencadeia sua operação de carnaval a fim de dar mais segurança aos condutores. A empresa alerta que os horários de pico no período tendem a ocorrer nesta sexta, das 15h às 19h, no sábado, entre 8h e 14h, e na quarta, a partir de 14h. A restrição ao tráfego de caminhões e carretas com três eixos ou mais na pista de subida da Serra de Petrópolis vai vigorar nesta sexta e na próxima segunda-feira (12 ), que é véspera de feriado, das 16h às 22h, e no sábado, das 8h às 14h.

O usuário também deve evitar trafegar pelo trecho após o término da restrição, quando muitos veículos de carga sobem a serra ao mesmo tempo, causando lentidão ao tráfego.

O Serviço de Informação ao Usuário (SIU) funciona 24 horas por dia, sete dias na semana, nas três praças de pedágio da Concer situadas em Duque de Caxias (km 102), Areal (km 45) e Simão Pereira (km 816). Em caso de necessidade de atendimento médico ou mecânico na estrada, o motorista deve acionar a concessionária através da Central de Atendimento ao Usuário (0800-282-0040).

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) também inicia a zero hora desta sexta a sua operação Carnaval 2018. Até a meia-noite da Quarta-feira de Cinzas, haverá um esquema especial de fiscalização e policiamento nas principais rodovias federais do país. As ações serão focadas na prevenção e diminuição da gravidade de acidentes, combatendo excesso de velocidade, ultrapassagens proibidas e trânsito no acostamento.

A PRF ainda vai dar mais ênfase à fiscalização de alcoolemia, com abordagens a motoristas que fizeram uso de bebida alcoólica. Vale lembrar que dirigir sob influência de álcool é uma infração gravíssima punida com suspensão do direito de dirigir por 12 meses e multa de R$ 2.934,70. A multa também será aplicada ao condutor que se negar a fazer o teste no etilômetro.

Na região de Juiz de Fora, de acordo com o chefe substituto do Núcleo de Policiamento e Fiscalização da PRF, Fernando Pettersen, a fiscalização também vai atuar com foco em itens de segurança, documentação e pneus. Ainda serão utilizados radares móveis em pontos estratégicos. O policial destacou que o efetivo será reforçado com a vinda de policiais de fora, uma vez que é esperado o aumento do fluxo no tráfego da região, que concentra muitas cidades históricas e recebe muitos turistas. “O trecho de maior índice de acidentes é entre Ewbank da Câmara e Barbacena. Neste trecho, o cuidado deve ser redobrado”, alerta Pettersen, acrescentando que toda a extensão da BR-267 também merece cuidado por se tratar de pista simples com grande fluxo de veículos.

Rodovias estaduais

Nas estradas estaduais, sob responsabilidade da Polícia Militar Rodoviária (PMR), tem início, também nesta sexta, as ações de segurança para os dias de Momo. O lançamento vai ocorrer no posto do Bairro Grama, no km 70 da MG-353, das 9h às 11h. O humorista Pedro Bismarck, o general da Banda Daki, Zé Kodak, e o bloco Domésticas de Luxo vão participar da ação preventiva, que será coordenada pelo o major Fernando Machado Miranda e o tenente Júlio Cesar Almeida. Policiais vão realizar blitze educativas e repressivas, objetivando reduzir o número de acidentes e o crime de embriaguez ao volante; fiscalização a transporte clandestino de passageiros, veículos irregulares ou sem condição de circulação, dentre outras.
Já as operações de Meio Ambiente priorizarão o policiamento nos locais de maior incidência de pesca predatória e corte ilegal de árvores em área de preservação permanente, atentando também para o tráfico de animais silvestres e o transporte irregular de produtos e sub produtos da fauna e da flora.

The post Fiscalização será reforçada nas estradas da região durante o carnaval appeared first on Tribuna de Minas.

Clique aqui para ver esta matéria na fonte original.

Anúncios