Brasília também tem espaço para as crianças curtirem o carnaval


:: AgBrasil :: Cultura em 10/02/2018 14:17 ::

No Parque da Cidade, em Brasília, barraquinhas de fantasias, guloseimas e muitos brinquedos abrem alas para as crianças curtirem o carnaval. O Carnapati – Bloco de Carnaval de Rua para Crianças, que há 12 anos integra a programação da folia na capital federal, aproveita a data e o caráter lúdico do universo infantil para promover a cultura popular.

A brincadeira é organizada pela companhia Teatro Mapati, que a cada ano seleciona um tema para a festa. No ano passado, o grupo fez um elogio à cidade, utilizando a música Peixe Vivo, bastante associada ao fundador de Brasília, Juscelino Kubitschek.

“Neste ano, vamos fazer rock para as crianças”, explica Tereza Padilha, uma das organizadoras do bloco, que contará com a participação do cantor da Plebe Rude, Felipe Seabra.

“Aqui, tudo tem a ver com as crianças. Nosso objetivo é este: fazer um trabalho para elas, com elas e para as famílias”, diz. Para o palhaço Leonardo Siqueira, o Peteleco, elas estão mais abertas à brincadeira nesta época do ano. “É maravilhoso, porque as pessoas saem dispostas a brincar, se divertir, interagir e dar risada. Todo mundo vira um pouco palhaço no carnaval”.

Lizete de Oliveira concorda. Aos 72 anos, a dentista saiu de casa com um casal de netos para aproveitar a folia. “Eu sempre venho com as crianças, que adoram. E agora vou seguir a bandinha com eles, dançando”, disse enquanto integrava as fileiras que seguiam o palhaço. Ana Clara, 7 anos, vestiu a fantasia de Branca de Neve e foi com os pais para o parque. Se está gostando? “É muito bom!”, confirma com um sorriso largo no rosto.

Para o Departamento de Estradas de Rodagem do Distrito Federal (DER-DF), além da diversão, o carnaval também é espaço de educação coletiva. Neste ano, a estratégia de educação para o trânsito tem como foco as crianças. “A gente precisa que as crianças possam ser os fiscais dos pais, e aqui elas acabam se enturmando com os agentes de trânsito da área de educação, tirando também aquele ranço de que a fiscalização e as pessoas que estão na rua para proteger viram vilões da sociedade”, explica o diretor de educação do DER-DF, Fábio Vargas.

O órgão instalou uma barraca no parque, na qual são distribuídos panfletos informativos, inclusive uma máscara carnavalesca em formato de cone sinalizador. Além disso, nela crianças são identificadas com pulseiras, para que não se percam. Os pais também podem aproveitar os integrantes do DER para tirar dúvidas sobre o uso de cadeirinhas e outras questões pertinentes à legislação.

Ao longo do carnaval de Brasília, outros blocos ocuparão as ruas com o público infantil. É o caso do Bloco Infantil, que sairá também neste sábado, das 16h às 23h, na Praça dos Prazeres, na Asa Norte, e do Galinho de Brasília, que anima a Asa Sul na segunda (12), a partir das 11h. A programação completa do carnaval da capital federal está disponível na Internet.

Clique aqui para ver esta matéria na fonte original.