Funkeira, sambista e trans, a pedra rara do Sambódromo


:: El Pais em 10/02/2018 13:46 ::

Marcelly Morena é uma pedra rara no Carnaval do Rio de Janeiro. Ela é funkeira, sambista e uma das poucas transexuais com destaque no Sambódromo. Aos 31 anos, Marcelly vai cumprir o sonho de desfilar como a primeira passista trans da escola Acadêmicos do Grande Rio, uma das doze do Grupo Especial. “Estou aqui para quebrar tabus”, reivindica.

Seguir leyendo.

Clique aqui para ver esta matéria na fonte original.