Companhia de limpeza do Rio retira 222 toneladas de lixo do Sambódromo


:: AgBrasil :: Cultura em 13/02/2018 15:48 ::

bloco_do_lixo.jpg

Garis da Comlurb recolhem lixo deixado nas ruas por foliõesDivulgação-Comlurb

A Companhia Municipal de Limpeza Urbana (Comlurb) recolheu 222 toneladas de resíduos somente nessa segunda-feira (12), último dia de desfiles das escolas de samba do Grupo Especial, na Marquês de Sapucaí. Foram retiradas 62 toneladas de lixo das partes interna e externa do Sambódromo, sendo três toneladas de materiais recicláveis, que foram entregues às cooperativas de catadores parceiras da empresa.

No carnaval de rua, com blocos, bailes e festas populares nas vias públicas, foram recolhidas pelas equipes de limpeza160 toneladas de resíduos.

No bloco Sargento Pimenta, que desfilou no Aterro do Flamengo segunda-feira (12), os garis da Comlurb recolheram a maior quantidade de resíduos, 14 toneladas. Na Estrada Intendente Magalhães, em Campinho, zona norte da cidade, onde desfilam as escolas de samba dos grupos B, C, D e E, foram retiradas 6,7 toneladas de lixo. No Baile de Rua Dias da Cruz, no Méier, zona norte, os garis recolheram seis toneladas de resíduos. Desde sexta-feira, foram recolhidas 486,5 toneladas de lixo das ruas da cidade, com dois mil garis se revezando na manutenção dos logradouros públicos.

Lixo Zero

O programa Lixo Zero multou 98 foliões nessa segunda-feira (12), sendo 91 por urinar nas ruas e sete por descarte irregular de pequenos resíduos, como guimba de cigarro. Desde sexta-feira (9), foram 518 pessoas multadas, 420 por urinar em vias públicas e 98 por lixo descartado irregularmente.

O programa terá continuidade até o encerramento do carnaval.

Clique aqui para ver esta matéria na fonte original.

Anúncios