Mas elas seguram bem o guarda-chuva, não?


:: El Pais em 13/02/2018 22:23 ::

Como se sabe, a Liberty Media, a empresa que desde 2016 administra a Fórmula 1, adotou há alguns dias a decisão de não permitir mais a contratação das grid girls, as moças cujo trabalho consistia em segurar um cartaz, uma bandeira ou um guarda-chuva ao lado do carro dos pilotos. Uma função decorativa, nada mais. Os meios de comunicação repercutiram a notícia, e já é notícia que a Fórmula 1 gere uma notícia, e a polêmica se expandiu pelas redes sociais, tão propensas a ampliar as coisas, e para outros fóruns de maior ou menor categoria.

Não houve unanimidade, claro, e foram muitos os que criticaram a medida com dureza. Por quê? Ora, porque o feminismo que a tudo invade ganhou outra batalha, diziam uns. Ou porque é um costume já muito arraigado nas corridas, afirmavam outros. Ou porque centenas de garotas vão ficar sem trabalho, lamentavam vários outros, tão solidários.

Seguir leyendo.

Clique aqui para ver esta matéria na fonte original.

Anúncios