Polícia israelense acusa Netanyahu em dois casos de corrupção e suborno


:: El Pais em 13/02/2018 22:23 ::

A brigada antifraude da polícia israelense acusou formalmente de corrupção o primeiro-ministro Benjamin Netanyahu, de 68 anos, nesta terça-feira. Os policiais — que investigaram o chefe de Governo e pessoas próximas a ele durante cerca de dois anos e o interrogaram em seis ocasiões — recomendaram ao Ministério Público acusá-lo por suborno por ter embolsado um milhão de shekels (cerca de 1,018 milhão de reais) em presentes de luxo, e por conflitos de interesses por suas relações com o proprietário de um grupo de comunicação. Netanyahu, que parecia esperar o anúncio policial desde a semana passada, negou ter sido subornado e afirmou que permanecerá no cargo.

Seguir leyendo.

Clique aqui para ver esta matéria na fonte original.

Anúncios