‘Três Anúncios para um Crime’: Menos do que parece


:: El Pais em 15/02/2018 12:49 ::

Depois de um ano assolado por uma seca de qualidade especialmente lamentável no cinema norte-americano (nos outros também, embora o espanhol tenha me dado algumas alegrias nos últimos meses), repleto de super-heróis vendáveis e rotineiros, espantosos efeitos especiais exercendo protagonismo absoluto, som e fúria de papelão, intermináveis guerras galácticas que querem exercer a função de opiáceos para que os espectadores deixem de lado de vez em quando as séries de televisão (e tenho a sensação de que a era dourada destas está acabando, que o vale-tudo acompanhado de pretensões substituiu aquelas joias que tinham a assinatura da HBO) para ir à sala escura e à tela grande, tinha a esperança de que Hollywood tivesse guardado suas iguarias para o final, que as obras-primas apareceriam com a seleção para o Oscar.

Seguir leyendo.

Clique aqui para ver esta matéria na fonte original.