Cinegrafista é preso sob suspeita de compartilhar imagens pornográficas de crianças


:: TM Cidade em 05/03/2018 22:31 ::

pornografia-marcos-araujo.jpgHomem de 45 anos foi preso em flagrante no Bairro Costa Carvalho e já foi encaminhado para o Ceresp. Em sua casa, foram apreendidos computador, celular, notebook e câmera fotográfica (Foto: Marcos Araújo)

Um cinegrafista, de 45 anos, foi preso em flagrante pela Polícia Civil pelos crimes de armazenar e compartilhar imagens pornográficas envolvendo crianças e adolescentes.

O suspeito, que é morador da Avenida Sete de Setembro, no Bairro Costa Carvalho, na Zona Sudeste, teve apreendido computadores, notebooks, celulares e câmeras fotográficas. Nos aparelhos, foram encontrados 15 vídeos nos quais crianças e adolescentes protagonizam cenas de sexo com adultos. A prisão dele foi efetivada pela equipe da Delegacia de Atendimento à Mulher, coordenada pela delegada Ione Barbosa, nesta segunda-feira (5), mas o homem já vinha sendo investigado há cerca de oito meses, quando a polícia recebeu uma denúncia anônima.

ione1.jpg“Essa investigação está apenas no início, e essa prisão dele, agora, é porque acreditamos que o suspeito é um perigo para a sociedade e, principalmente, para as crianças. Hoje existem muitos grupos nos quais diversos pedófilos se juntam para conseguir material de pedofilia”, afirma delegada Ione Barbosa

Em depoimento na delegacia, o homem, que alegou ser solteiro, disse que usava o material, que baixava da internet, para conseguir ter satisfação sexual. Mas a delegada não descarta a possibilidade de o suspeito também produzir os vídeos, já que recebeu denúncia que a casa dele era frequentada por crianças e adolescentes. “Nós já tínhamos instaurado inquérito policial contra ele anteriormente, pois já tinha uma denúncia anônima de que ele guardava esse tipo de material”, ressaltou a delegada, acrescentando que o suspeito tem uma empresa de fotos e filmagens de eventos, como casamentos.

Diante da suspeita, Ione solicitou à Justiça dois mandados de busca e apreensão, que foram cumpridos na manhã desta segunda-feira. “Eu e minha equipe estivemos na casa dele, às 6h, e apreendemos o material. No notebook, conseguimos vários vídeos de teor sexual envolvendo crianças e adolescentes. No celular dele havia um vídeo de um menino se masturbando”, afirmou a policial. Ela aplicou que o fato de o material estar no celular configura os delitos de armazenamento e transmissão. Juntos, os crimes somam uma pena de dez anos de prisão.

Perícia

A investigação constatou na perícia nos aparelhos apreendidos que, para ter acesso aos vídeos, o cinegrafista precisava de um aplicativo para fazer download. “Ainda não encontramos vídeos produzidos por ele, mas não descartamos essa hipótese. Assim como também não dá para descartar se há crianças e adolescentes de Juiz de Fora nesses vídeos. Vamos periciar as CPUs e as câmeras para confirmamos como ele atuava, uma vez que a denúncia inicial é de que o suspeito abusava de crianças e tirava fotos delas nessa situação pornográfica”, disse Ione. A delegada ressaltou que a investigação irá detectar se ele é um pedófilo de fato e se pessoalmente abusou de crianças ou adolescentes. “A denúncia partiu de vizinhos que tomaram conhecimento dessa situação, porque teriam visto crianças entrarem na casa dele.” O suspeito foi encaminhado para o Ceresp.

Alerta

Ione Barbosa ressalta a importância da denúncia para o combate de crimes de pedofilia. “Pessoas que sabem de alguma coisa. Pai e mãe que tenham desconfiança devem procurar a delegacia. Nós vamos pegar essas declarações, e isso vai nos ajudar”, alerta.

pornografia-interna-2.jpg pornografia-interna.jpg
<

>

Segundo a delegada, a investigação também busca detectar de onde partiram esses vídeos, se existe um grupo de pessoas que procuram por essas crianças, a fim de iludi-las e fazer essas fotos de cunho sexual. “Essa investigação está apenas no início, e essa prisão dele, agora, é porque acreditamos que o suspeito é um perigo para a sociedade e, principalmente, para as crianças. Hoje existem muitos grupos nos quais diversos pedófilos se juntam para conseguir material de pedofilia. Qualquer pessoa que baixar e compartilhar esse tipo de vídeo pode ser presa”, avisa a policial.

A Delegacia de Atendimento à Mulher fica na Rua Uruguaiana 94, no Bairro Jardim Glória.

The post Cinegrafista é preso sob suspeita de compartilhar imagens pornográficas de crianças appeared first on Tribuna de Minas.

Clique aqui para ver esta matéria na fonte original.

Anúncios