Servidores iniciam Formação Básica em Libras


:: Prefeitura em 05/03/2018 18:11 ::

0503_curso_libras_172458.jpg
Começa nesta terça-feira, 6, a Formação Básica em Língua Brasileira de Sinais (Libras) para os servidores municipais inscritos no Módulo Básico 1 e 2. A capacitação é oferecida pelo Departamento de Políticas para a Pessoa com Deficiência e Direitos Humanos (DPCDH), da Secretaria de Desenvolvimento Social (SDS).

As aulas acontecerão às terças-feiras para o módulo básico 1, das 8 às 10 horas (turma 1) e das 16 às 18 horas (turma 2), e às quintas-feiras para o módulo básico 2, das 8 às 10 horas (turma 3) e das 16 às 18 horas (turma 4), no DPCDH. O curso terá duração de quatro meses.

As turmas foram formadas por 60 servidores públicos e 40 interessados que não pertencem aos quadros da Prefeitura de Juiz de Fora. De acordo com a gerente do DPCDH, Thais Altomar, os surdos estão cada vez mais incluídos no ensino comum, no ensino superior e na pós-graduação, trazendo um avanço significativo na inclusão social e exigindo respeito à cidadania.

A formação tem como objetivo preparar os servidores para o atendimento à comunidade surda, além de ser um aprendizado para a vida.

Libras

Por meio da Língua Brasileira de Sinais (Libras), milhares de pessoas com deficiência auditiva conseguem se comunicar. Qualquer pessoa pode aprender, em qualquer idade. É uma ferramente de inclusão, além de ampliar o currículo, contribuindo para excelência em atendimento.

DPCDH

Define e coordena as políticas de promoção e defesa de direitos da pessoa com deficiência no âmbito municipal e articula ações de direitos humanos e cidadania, independente de gênero, etnia ou crença. Atua na defesa e divulgação de direitos, na política municipal de transporte adaptado e do benefício do Passe Livre, na capacitação e qualificação profissional e no intercâmbio com as secretarias municipais, entidades e sociedade civil, bem como na promoção da acessibilidade.

* Informações com a Assessoria de Comunicação da SDS, através do telefone 3690-8314

Clique aqui para ver esta matéria na fonte original.

Anúncios