Gabriel García Márquez, o malabarista das palavras com o dom de escrever


:: El Pais em 06/03/2018 11:17 ::

Gabriel García Márquez, o criador de obras clássicas e imprescindíveis como Cem Anos de Solidão, O Amor nos Tempos do Cólera, Ninguém Escreve ao Coronel, O Outono do Patriarca e Crônica de uma Morte Anunciada se encontra no olimpo da literatura universal por seu uso das palavras e sua capacidade descritiva, a meio caminho entre a fantasia, a realidade, o sonho, o mito e o desejo.

Seguir leyendo.

Clique aqui para ver esta matéria na fonte original.

Anúncios