Departamento da Pessoa com Deficiência participa de roda de conversas na UFJF


:: Prefeitura em 07/03/2018 18:01 ::

0703_roda_conversa_ufjf_172454.jpeg
Na noite da terça-feira, 6, o Departamento de Políticas para a Pessoa com Deficiência (DPCDH), da Secretaria de Desenvolvimento Social (SDS), participou do Seminário Março de Lutas das Mulheres, realizado pelo Sindicato dos Trabalhadores Técnico-administrativos em Educação das Instituições Federais de Ensino no Município de Juiz de Fora (Sintufejuf).

O tema foi a Saúde e Sexualidade da Mulher com Deficiência, e a palestra foi realizada na Faculdade de Educação (Faced), da Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF).

A conversa foi direcionada pela gerente do DPCDH, Thais Altomar, que falou sobre o histórico das Pessoas com Deficiência (PCDs), que, atualmente, buscam gerenciar a própria vida, ter autonomia e ser independentes. Trechos da Lei Brasileira de Inclusão da PCD também entraram em discussão, como o que diz que a deficiência não afeta a plena capacidade civil da pessoa, inclusive para: casar-se e constituir união estável; exercer direitos sexuais e reprodutivos; exercer o direito de decidir sobre o número de filhos e de ter acesso às informações adequadas sobre reprodução e planejamento familiar e conservar sua fertilidade, sendo vedada a esterilização compulsória. Também houve relatos de PCDs abusadas sexualmente, por serem mais vulneráveis.

Segundo a gerente, a violência contra mulheres com deficiência tem características comuns ao que acontece contra as mulheres em geral, mas com dimensões específicas. É preciso trazer esse tema para discussão, assim como as medidas para combater a violência e a discriminação, conclui Thaís. Participaram do evento, membros de grupos militantes, como os participantes do projeto de extensão da UFJF, Visitrans, a Aliança de Mulheres pela Maternidade Ativa, a Candaces – Organização de Mulheres Negras e Conhecimento e estudantes da Faculdade de Educação.

Foto: Divulgação

* Informações com a Assessoria de Comunicação da SDS, através do telefone 3690-8314.

Clique aqui para ver esta matéria na fonte original.

Anúncios