O ‘sim’ histórico de Trump a Kim Jong-un


:: El Pais em 09/03/2018 10:45 ::

O cenário mais explosivo do planeta mudou radicalmente. Há três meses, Kim Jong-un e Donald Trump se insultavam e ameaçavam provocar um holocausto nuclear; hoje, estão prestes a se sentar frente a frente numa mesa de negociação. O presidente dos Estados Unidos aceitou “no lugar e momento que se determine” o inesperado convite do líder da Coreia do Norte para uma reunião de cúpula bilateral. A solicitação foi transmitida a Trump nesta quinta-feira por um emissário sul-coreano que se reuniu com Kim Jong-un na terça-feira passada em Pyongyang.

Na mensagem, o Líder Supremo do regime norte-coreano oferece a desnuclearização do país e a suspensão dos testes nucleares e balísticos. Jamais houve um encontro direto entre os mandatários de ambas as nações.

Seguir leyendo.

Clique aqui para ver esta matéria na fonte original.

Anúncios