“Peço que o ódio não se espalhe”, diz mãe de garoto assassinado pela madras ta na Espanha


:: El Pais em 12/03/2018 13:49 ::

Patricia Ramírez, mãe de Gabriel Cruz, pediu nesta segunda-feira, “em memória de ‘Pescaíto’”, como era conhecido o menino cujo corpo foi localizado neste domingo em Almería, na Espanha, depois de 12 dias de busca, “que o ódio não se espalhe, que não se fale mais dessa mulher e que fiquem as boas pessoas”, em referência à mulher que foi presa como suposta autora do crime, Ana Julia Quezada.

Seguir leyendo.

Clique aqui para ver esta matéria na fonte original.

Anúncios