Goleada de 7 a 1 é a maior do Tupi na história


:: TM Esportes em 13/03/2018 08:05 ::

gol1-Tupi-abriu-o-marcador-com-Leo-Costa-Foto-Leonardo-Costa.jpg gol2-O-segundo-gol-do-Caij%C3%B3-foi-marcado-por-Renato-Kaiser.-Foto-Leonardo-Costa.jpg gol-3-Tch%C3%B4-fez-o-terceiro-para-o-Tupi-foto-Leonardo-Costa.jpg gol4-Ainda-no-primeiro-tempo-Patrick-amplicou-o-marcador-Foto-Leonardo-Costa.jpg gol5-No-segundo-tempo-Patrick-fez-mais-um-para-o-Tupi-5-a-0-Foto-Leonardo-Costa.jpg gol6-jo%C3%A3o-Vitor-fez-o-sexto-para-o-Tupi-Foto-Leonardo-Costa.jpg gol-7-Renato-Kaiser-encerrou-a-goleada-do-Tupi-Foto-Leonardo-Costa.jpg
<

>

O segundo gol do Caijó foi marcado por Renato Kaiser, aos seis minutos (Foto: Leonardo Costa)

Tupi versus América, 24 de setembro de 1933.

O Carijó bateu o rival de Belo Horizonte por 6 a 2. Quase sete décadas depois, em 6 de março de 2003, o Galo venceu por 5 a 1 o Nacional de Uberaba. O placar se repetiu em 6 de fevereiro de 2010, quando a Caldense era adversária. As três partidas eram, até esse domingo, 11 de março de 2018, as maiores goleadas do Alvinegro de Santa Terezinha em todas as suas participações na elite do Campeonato Mineiro. O 7 a 1 sobre o Democrata-GV, no último domingo (11), se tornou a maior goleada da história do Tupi pelo Módulo I estadual. As informações foram fornecidas à Tribuna pelo professor e pesquisador Leonardo de Souza Lima, o Léo Lima que, além de guardar arquivos com estatísticas e resultados do clube centenário, ainda possui um memorial com itens históricos do Alvinegro de Santa Terezinha.

Léo Lima valorizou o triunfo da equipe ao reiterar que um placar como esse primeiro traz um reconhecimento e respeito maiores da mídia em geral, dos torcedores e adversários. “O grupo ganha moral, então é um resultado importantíssimo nesse momento decisivo. E é importante porque marca, fica registrado por muito tempo em toda a história do clube. Dificilmente as pessoas esquecem um jogo como esse, fica na memória afetiva do torcedor, assim como o 8 a 1 com o Avaí de 1997. Até hoje lembram quem era o treinador e os autores dos gols. E ainda deve ser uma das maiores goleadas da história do Campeonato Mineiro, então vai ficar eternizado por isso também.”

Vale lembrar que em outras competições há registros de vitórias com maior diferença no placar. Na Série C de 1997, em duelo lembrado por torcedores presentes no Estádio Municipal Radialista Mário Helênio no jogo deste domingo (11), o Galo aplicou 8 a 1 sobre o Avaí. A maior goleada em competições oficiais ocorreu em 1948, quando o Tupi fez 12 a 1 sobre a Mineira de Eletricidade em duelo válido pelo Campeonato Oficial da Liga de Desportos de Juiz de Fora (LDJF).

G4 após seis anos

O placar não foi a única marca que o Tupi deixou na competição. A vitória deu a quarta colocação ao Carijó no término da fase classificatória do Estadual, com 16 pontos em 11 rodadas, melhor performance do clube desde 2012. Há seis anos, os juiz-foranos somaram 17 pontos em 11 jogos. Na época, o time comandado por Moacir Júnior caiu na semifinal para o Atlético após empate em 1 a 1 no Municipal e derrota de 1 a 0 em Sete Lagoas (MG). O Galo de BH acabaria campeão Mineiro em decisão com o América.

Decisão será no sábado

O Tupi irá enfrentar o Tombense às 17h deste sábado (17) no Estádio Municipal Radialista Mário Helênio pelas quartas de final do Campeonato Mineiro. Horário e data do duelo foram confirmados pela Federação Mineira de Futebol (FMF) na tarde desta segunda (12). Nesta fase da competição, a vaga na próxima etapa é definida em confronto único. O Carijó joga em casa por ter finalizado campanha de pontos corridos na quarta colocação, contra o quinto lugar do rival da Zona da Mata. O empate leva a decisão para a disputa de pênaltis. O formato com jogos de ida e volta ocorre apenas a partir das semifinais.

Confira também a matéria em áudio:

The post Goleada de 7 a 1 é a maior do Tupi na história appeared first on Tribuna de Minas.

Clique aqui para ver esta matéria na fonte original.

Anúncios