Nem da Rocinha: “Não me arrependo de ter sido traficante. O você faria no meu lugar?”


:: El Pais em 14/03/2018 07:43 ::

Uma das principais lideranças da facção criminosa Amigos dos Amigos, Nem foi coroado dono da Rocinha em 2004 após a morte do dono do morro Luciano Barbosa da Silva, vulgo Lulu. Seu reinado durou até a prisão, em 2011, e é tido pelos moradores e até por alguns policiais como um período de relativa tranquilidade no local. Usando a corrupção em detrimento da violência para se manter no controle, aos poucos Nem se tornou um dos traficantes mais populares da comunidade. “Até hoje perguntam pra minha mãe quando eu volto pra lá!”, brinca.

“Como se no dia em que eu sair da prisão eu voltarei pro tráfico”. A hipótese é prontamente descartada. “Não quero mais nada com isso, quero ficar com meus filhos, poder ir pra praia, pro teatro, aproveitar a vida”. Apesar de já condenado, Nem vislumbra um futuro próximo ao lado dos sete filhos.

Seguir leyendo.

Clique aqui para ver esta matéria na fonte original.

Anúncios