Funalfa distribui convites para peça com recursos de acessibilidade


:: Prefeitura em 11/04/2018 16:06 ::

1104_pjf_acessibilidade_release_153850.bmp
A Fundação Cultural Alfredo Ferreira Lage (Funalfa) está cadastrando pessoas com deficiência para assistirem à peça Ninguém Mais vai ser Bonzinho, do grupo carioca Os Inclusos e os Sisos Teatro de Mobilização Pela Diversidade, criado pela atriz Tatá Werneck. O espetáculo, que está em circulação pelo projeto Aqui Trem Cultura Acessível, patrocinado pela MRS Logística, será apresentado no dia 26, quinta-feira, às 15 horas, no Teatro Paschoal Carlos Magno (Rua Gilberto de Alencar, Centro), com apoio da Prefeitura de Juiz de Fora (PJF).

Cem ingressos estão reservados para pessoas com deficiência que se cadastrarem pelo e-mail paschoal.teatro@gmail.com ou pelo telefone 3690-7057 (das 8h30 às 11h30 e das 14h30 as 17h30), a partir de quinta-feira, 12. É preciso informar o nome completo, tipo de deficiência e apontar a necessidade ou não de acompanhante. Não há restrição de idade, mas a peça é recomendada para pessoas a partir de 12 anos. As vagas serão preenchidas por ordem de inscrição. Outros 300 convites serão distribuídos por meio da Secretaria de Educação da PJF e destinados a estudantes, profissionais e professores.

Criado para pessoas com ou sem deficiência, Ninguém Mais vai ser Bonzinho oferece dez recursos de acessibilidade, como intérprete da língua de sinais brasileira (libras), fones para audiodescrição, material de comunicação em braile e formatos digitais, visita tátil ao cenário, rampas de acesso, banheiro adaptado e atendimento acessível desde a fila.

O espetáculo já foi assistido por mais de cem mil espectadores e recebeu prêmio da Organização das Nações Unidas (ONU) por ser o único no mundo a oferecer máxima acessibilidade.

Oficina

Juiz de Fora também receberá oficina da organização não-governamental (ONG) Escola de Gente – Comunicação em Inclusão, fundada pela jornalista Claudia Werneck. A Oficina de Teatro Acessível acontecerá no dia 25 de abril, no Centro Cultural Bernardo Mascarenhas (CCBM), ministrada por atores e atrizes do grupo Os Inclusos e os Sisos. Trata-se de atividade de formação e mergulho nos temas da inclusão, acessibilidade e direitos de pessoas com deficiência. As vagas da oficina foram destinadas a profissionais de educação.

Serviço
Dia 25 – quarta-feira
Atividade: oficina
Horário: 14 horas
Local: CCBM – Avenida Getúlio Vargas, 200 – Centro

Dia 26 – quinta-feira
Atividade: espetáculo
Horário: 15 horas
Local: Teatro Paschoal Carlos Magno – Rua Gilberto de Alencar, Centro

Ficha técnica do projeto
Coordenação: Pedro Prata
Direção: Carolina Godinho
Produção: Paula Loffler
Elenco: Fabíola Godoi, Louise Marrie, Victor Albuquerque e Fábio Nunes
Audiodescrição: Nara Monteiro
Língua de sinais: JDL Traduções
Direção musical: Edvan Moraes
Figurino: Carolina Bittencourt
Iluminação: Anderson Rato
Comunicação: Alan Thomas
Administração: Luciana Gomes

Foto: Luciano Bogado

* Informações com a Assessoria de Comunicação da Funalfa 3690-7044.

Clique aqui para ver esta matéria na fonte original.

Anúncios