O controverso xadrez de Cármen Lúcia


:: El Pais em 12/04/2018 23:46 ::

No momento mais importante de sua gestão à frente do Supremo Tribunal Federal, a ministra Cármen Lúcia será promovida nesta sexta-feira, dia 13. Ela ocupará, por pouco mais de 24 horas, a cadeira de presidente da República. Sua assunção ao cargo se deve à viagem do presidente Michel Temer ao Peru, onde participará da Cúpula das Américas. As outras duas autoridades que poderiam sucedê-lo, respectivamente os presidentes da Câmara, Rodrigo Maia, e do Senado, Eunício Oliveira, também se ausentarão do país no período para evitar que assumissem um cargo no Executivo e, assim, fossem proibidos de concorrer nas eleições.

Seguir leyendo.

Clique aqui para ver esta matéria na fonte original.

Anúncios