Música é ciência: professor lança livro sobre pesquisa e criação musical


:: UFJF em 13/04/2018 15:25 ::

8127550613_3d06210a20_z.jpg

Livro publicado pelo professor Daniel Quaranta discute os desafios da música nas pesquisas acadêmicas (Foto: Visualhunt)

Buscando refletir sobre a pesquisa em música e sua relação com as universidades ao redor do mundo, o professor Daniel Quaranta — do Instituto de Artes e Design (IAD) da Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF) — organizou o livro “Creación musical, investigación y producción académica: desafíos para la música en la universidad”.

A versão digital em espanhol, publicada pelo Centro Mexicano para la Música y Artes Sonoras (CMMAS), pode ser adquirida gratuitamente na página do centro.

“O livro é, basicamente, uma contribuição para um campo que precisa ser pensado, especialmente no Brasil. Os artigos abordam realidades e olhares muito diversos sobre a música e sobre como esse campo se insere em várias universidades.” Sob esse olhar múltiplo, a obra aborda formas variadas de pensar música, composição e criação artística e acadêmica. “Em todos os artigos do livro, os autores abrem espaço para pensar, se questionam e delineiam algumas respostas e caminhos: este é o desafio da arte e da Universidade.”

quaranta-300x199.png

“A área de Artes tem um produção acadêmica tão relevante como qualquer outra área da Ciência”, reforça Daniel Quaranta (Foto: Arquivo pessoal)

O lugar da música dentro da Universidade
Segundo o professor, apesar de possuir uma tradição bastante consolidada, a área de Artes — no que tange pesquisa e desenvolvimento — carece de incentivos dentro da Academia, em geral. E, mesmo dentro desse próprio campo de pesquisa, a composição e a criação musical são temas pouco discutidos. Dessa forma, a necessidade de se investigar e criar pontes que dialoguem com a ciência se torna cada vez mais urgente.

“A área de Artes tem um produção acadêmica tão relevante como qualquer outra área da Ciência, mas precisa estabelecer melhor os parâmetros das suas pesquisas e uma identidade para elas. Por isso, essa reflexão vem a calhar, num momento que estamos com uma produção relevante na nossa área”, conclui.

Outras informações:
Baixe o livro

Clique aqui para ver esta matéria na fonte original.

Anúncios