Os silêncios de Rosa Weber em um Supremo ruidoso


:: El Pais em 13/04/2018 16:20 ::

A sociedade começa a se sentir incomodada diante de um Supremo Tribunal Federal em que sobrariam palavras e brigas entre suas excelências. Já se começa a pedir que seria melhor não transmitir ao vivo suas sessões eternas, que dão a impressão de que suas excelências estão de mal com a vida e em confronto uns com os outros. Uma das contradições de alguns magistrados é que, enquanto acusam a imprensa de “opressora”, como acaba de fazer Gilmar Mendes, sonham em aparecer na mídia, esquecendo-se de sua responsabilidade, como se se tratasse de simples políticos em busca de votos.

Uma das exceções é Rosa Weber, de quem as pessoas sabem pouco ou nada de sua vida, nem perde tempo em expor opiniões para a mídia. Ela fala onde deve fazer um magistrado da Alta Corte, em seus votos, que costumam ser concisos e nem por isso menos densos e responsáveis.

Seguir leyendo.

Clique aqui para ver esta matéria na fonte original.

Anúncios