Cúpula das Américas marca o final da era bolivariana na região


:: El Pais em 15/04/2018 17:01 ::

As cúpulas regionais são uma fotografia do momento político. A das Américas no sábado em Lima moldou definitivamente a mudança da região rumo à ortodoxia econômica, o final da chamada era bolivariana, em que os presidentes de esquerda extremamente críticos aos EUA protagonizavam essas reuniões. Com o venezuelano Nicolás Maduro vetado, a grande maioria dos líderes foi duríssima com ele e anunciou que as eleições de maio não serão reconhecidas. Evo Morales, o grande resistente, ficou sozinho com o chanceler cubano, Bruno Rodríguez, no apoio fechado a Maduro e às críticas ao “imperialismo” dos EUA.

Seguir leyendo.

Clique aqui para ver esta matéria na fonte original.

Anúncios