EUA interrompem diálogo e devem impor cota de importação para aço e alumínio do Brasil


:: El Pais em 02/05/2018 22:55 ::

Donald Trump decidiu conceder – e conceder-se -o prazo de um mês antes de iniciar uma batalha comercial particularmente venenosa, já que seria contra países aliados. A Administração dos Estados Unidos decidiu na segunda-feira adiar novamente, até 1º de junho, sua decisão de impor tarifas de 25% sobre o aço e de 10% sobre o alumínio que chegam da União Europeia, Canadá, México. O presidente americano, no entanto, não protelou sua decisão sobre o Brasil.

Seguir leyendo.

Clique aqui para ver esta matéria na fonte original.

Anúncios

Onda de demissões na AGU levanta suspeita sobre motivações da titular da pasta


:: El Pais em 02/05/2018 22:55 ::

Quatro demissões de postos chaves na Advocacia Geral da União acenderam um sinal de alerta entre os funcionários de carreira do órgão. Eles temem que a instituição, que é técnica, passe a ter maior interferência política durante o que resta da gestão Michel Temer (MDB). Entre os que deixaram o cargo está o advogado geral da União substituto, Paulo Gustavo Medeiros Carvalho. Era o número dois da instituição. Ele entregou sua carta de demissão nesta quarta-feira com críticas indiretas a Grace Mendonça, a ministra da AGU. Diz um trecho do documento: “reafirmo minha posição de continuar atuando pelo interesse público e da instituição, certo de que este sempre deve prevalecer sobre projetos e interesses pessoais”.

Seguir leyendo.

Clique aqui para ver esta matéria na fonte original.

O cabelo como forma de resistência


:: El Pais em 02/05/2018 22:55 ::

Mábel Lara é uma jornalista colombiana e negra que em fevereiro, depois de 16 anos de televisão, decidiu apresentar o noticiário do fim de semana do canal Notícias Uno com seu cabelo natural. Deixou de alisar os cabelos e apareceu com seus cachos. “Nesse dia tirei um piano de cima de mim. Me senti livre”, explica. Desde aquele momento fez uma pequena revolução na Colômbia. Lara começou a receber centenas de mensagens em suas redes sociais e a mídia se interessou em compreender como uma mulher negra havia conseguido jogar pelos ares tantos estereótipos com um só gesto.

Seguir leyendo.

Clique aqui para ver esta matéria na fonte original.

Paulo Preto é prova de que Lava Jato demorou a investigar tucanos


:: Kennedy Alencar em 02/05/2018 22:35 ::

A suspeita de que Paulo Vieira da Costa tenha arrecadado R$ 173 milhões em propinas de obras viárias na gestão de Gilberto Kassab em São Paulo é prova de que era falso o argumento da Lava Jato de que seria mais difícil investigar a corrupção do PSDB do que a do PT.

Candidato a recordista de desvios na Lava Jato e nas operações filhotes, Paulo Vieira da Costa, apontado como operador do PSDB e conhecido como Paulo Preto, teria cobrado comissão de um grupo de empreiteiras em obras viárias em São Paulo entre os anos de 2008 e 2011. É a mesma lógica aplicada pelas empreiteiras na Petrobras, a de se organizar como cartel.

A Lava Jato dizia que era mais difícil investigar a corrupção de tucanos porque eles não estavam no governo central.
Continuar lendo

É correto estimular moradias em áreas centrais


:: Kennedy Alencar em 02/05/2018 22:35 ::

A intenção do Ministério Público de discutir plano de moradia para o centro de São Paulo está no caminho certo. Estimular a criação de habitações populares nos centros das grandes cidades é uma boa política pública.

Essa política ajuda as pessoas a obter mais renda, a encontrar trabalho com mais facilidade e a utilizar uma infraestrutura já amortizada que costuma ficar abandonada nos fins de semana.

Faz sentido ter planos habitacionais alternativos ao que deslocam as pessoas para a periferia das grandes cidades.

*

Criminalização dos movimentos sociais

Se organizadores de ocupações estão tirando proveito de pessoas em situação de vulnerabilidade social, cobrando aluguéis de R$ 400,00 por moradias precários, é óbvio que isso é um caso de polícia.
Continuar lendo