Vera Lúcia lança pré-candidatura à Presidência em Juiz de Fora


:: TM Política em 10/05/2018 23:47 ::

elei%C3%A7%C3%B5es-2018.jpgNesta quinta-feira (10), Juiz de Fora recebeu a visita de mais uma pré-candidata à Presidência da República. Nome escolhido pelo PSTU para disputar as eleições de outubro, a operária e ativista sindical Vera Lúcia esteve em evento no Sindicato dos Enfermeiros e, ao lado de outros correligionários, como Jordano Carvalho, pré-candidato a governador do estado de Minas Gerais, participou do lançamento na cidade do manifesto “Um chamado à rebelião! Um projeto socialista contra a crise capitalista”. “A nossa proposta é a de organizar os trabalhadores no seu local de trabalho, no seu local de estudo, no seu local de moradia.
Continuar lendo

Anúncios

Nova pista de kart é oportunidade para pilotos na Zona Norte


:: TM Esportes em 10/05/2018 22:37 ::

kartodromo.jpgFoto: Divulgação

Os juiz-foranos apaixonados por automobilismo ou que possuem interesse na área ganharam mais uma oportunidade de praticar um esporte de adrenalina sobre quatro rodas em Juiz de Fora. O kart, modalidade tratada como básica para pilotos profissionais, agora pode ser conhecido no estacionamento lateral do Shopping Jardim Norte, onde foi instalada uma pista de 300m, com possibilidade de até oito pilotos em ação simultaneamente.
Continuar lendo

Didi Gomes e banda fazem tributo a Elis Regina no Central


:: TM Cultura em 10/05/2018 21:47 ::

didi-gomes-maestro-e-banda.jpgAcompanhada pelo maestro Willillans Alves e banda, a cantora Didi Gomes interpreta sucessos na voz de Elis (Foto: Divulgação)

Considerada por muitos a voz maior da MPB, a cantora Elis Regina ganha tributo com o show “Simplesmente Elis”, atração deste sábado (12), às 21h, no Cine-Theatro Central, A intérprete gaúcha, morta aos 36 anos em 1982, tem as canções imortalizadas revividas por meio da voz da cantora Didi Gomes, acompanhada no palco pelo maestro Willillans Alves e banda.

O espetáculo reúne alguns dos clássicos gravados por Elis Regina em seus 15 álbuns de estúdio, que englobam 20 anos de trajetória e parcerias com grandes nomes da Música Popular Brasileira, entre eles Belchior, Renato Teixeira, João Bosco e Milton Nascimento, além de ter dividido microfones com Rita Lee, Gilberto Gil e Tom Jobim, entre outros.

A missão de substituir a “Pimentinha” no palco ficou por conta da paulista Didi Gomes, oriunda de uma família de músicos e que dá vida a clássicos da MPB cantados por Elis Regina como “O bêbado e a equilibrista”, “Como nossos pais”, “Alô, alô, marciano”, “Águas de março”, “Casa no campo”, “Madalena”, “Aprendendo a jogar”, “Arrastão” e “Romaria”.

SIMPLESMENTE ELIS
Sábado (12), às 21h, no Cine-Theatro Central

The post Didi Gomes e banda fazem tributo a Elis Regina no Central appeared first on Tribuna de Minas.

Clique aqui para ver esta matéria na fonte original.

Governo de Minas quita repasses do IPVA aos municípios


:: TM Política em 10/05/2018 21:47 ::

O Governo de Minas acertou a quitação de repasses estaduais relativos ao Imposto sobre Propriedade de Veículo Automotor (IPVA) para todos os municípios mineiros. A informação foi dada na manhã desta quinta-feira (10) pelo próprio governador Fernando Pimentel (PT), no Palácio da Liberdade, durante encontro com prefeitos de associações regionais dos municípios de diversas regiões do estado. As transferências haviam sido efetuadas pela Secretaria de Estado da Fazenda na última quarta-feira. “Nós conseguimos regularizar a situação do IPVA dos municípios. Nós já tínhamos começado antes e agora chegamos a 100% dos municípios, conforme prometemos aos prefeitos”, afirmou Pimentel aos presentes.

O governador também destacou o esforço da atual gestão em estar mais próximo dos municípios.
Continuar lendo

Jovem é assassinado no Bairro Jardim Casablanca


:: TM Cidade em 10/05/2018 21:37 ::

Um rapaz de 25 anos, que não teve o nome divulgado, foi assassinado no início da noite desta quinta-feira (10) em Juiz de Fora. Segundo informações repassadas pelo Centro de Operações da Polícia Militar (Copom), o crime foi registrado por volta das 18h30, na Rua B, Bairro Jardim Casablanca, na Cidade Alta.

O óbito foi constatado pelo Samu. O local foi isolado e, até por volta das 20h, a PM aguardava pela chegada da perícia da Polícia Civil, que iria identificar qual a arma utilizada no crime. Os militares não souberam apontar a motivação para o homicídio. Uma testemunha relatou que o suspeito estava em uma motocicleta e teria fugido após o crime.
Continuar lendo

Rosto da desigualdade social tem a cor negra


:: Kennedy Alencar em 10/05/2018 21:37 ::

Termos sido um dos últimos países do mundo e o último das Américas a acabar com a escravidão nos cobra um preço alto até hoje. Apenas recentemente, com a criação das cotas para empregos no serviço público e nas universidades, o Brasil teve uma política pública de inclusão social dessa população

A desigualdade social brasileira tem muitos rostos, infelizmente. Mas o rosto mais conhecido dessa tragédia social tem a cor negra. Basta ver os índices de assassinatos de jovens negros na periferia. Basta olhar para as massas sem moradia, para as massas sem acesso à educação.

Essas massas formam um exército de mão de obra barata, um enorme contingente de pessoas sujeitas a péssimas condições de trabalho

A desigualdade social do Brasil se entrelaça com a questão racial.
Continuar lendo

Memorando da CIA ajuda Brasil a conhecer melhor golpe de 64


:: Kennedy Alencar em 10/05/2018 21:37 ::

Já se sabia que o general Ernesto Geisel havia endossado a tortura e assassinatos na ditadura. Apesar de ter feito um governo que procurou conter os mais radicais, Geisel também comandava autorizações para assassinatos, de acordo com um memorando de 1974 da CIA que veio a público no Brasil hoje. Geisel continuou a deixar que a prisão, a tortura e a morte fossem usadas contra adversários do regime.

No livro “A Ditadura Derrotada”, do jornalista Elio Gaspari, há informações sobre o aval de Geisel à repressão política da ditadura militar. Esse memorando traz mais dados sobre essa política de extermínio e mostra que Geisel comandou da repressão.

O relato da CIA mostra uma discussão fria e pragmática a respeito de execuções em massa do CIE (Centro de Inteligência do Exército).
Continuar lendo