Aficionados por rodas se reúnem em evento de carros modificados


:: TM Especiais em 10/05/2018 07:52 ::

Rodas-Destacada1.jpgFoto: Eduardo Valente

Uns gostam de jogar futebol no tempo livre, outros preferem reunir os amigos e fazer um churrasco. E existem aqueles que, como hobby, modificam seus veículos. Neste grupo há muitas tribos e, entre elas, está a dos apaixonados por rodas. Substituir o equipamento original por outro deixa o carro bonito, é verdade, mas nem sempre vai representar conforto.

Quem faz a mudança sabe e confessa: o que vale é o estilo.

No último fim de semana, Juiz de Fora recebeu uma exposição de apaixonados por automóveis, a Expocar, que aconteceu no Parque de Exposições. Foi a oportunidade de os donos de veículos tirarem seus possantes da garagem e mostrar a todos as modificações feitas em seus modelos originais. E entre as mais diferentes mudanças possíveis de se fazer em um carro — e até inimagináveis —, a personalização das rodas parecia ser a mais comum.

Henrique Daniel da Silva tem um Volkswagen Space Fox que, originalmente, veio com rodas aro 15, mas ele logo foi mudando para o 18. “É algo que eu gosto, o carro fica bonito e dá estilo”, respondeu, confessando que a dirigibilidade muda, embora garanta que a segurança permaneça inalterada. “Fica um pouco mais duro, tirando um pouco do conforto em estradas com muitos remendos e buracos”, afirmou, acrescentando que o consumo de combustível também aumenta um pouco, em razão de o veículo ficar mais pesado. Além disso, dizem os especialistas, existe o efeito colateral de desgaste prematuro da suspensão, caso o carro seja colocado constantemente sobre pavimentos deteriorados.

Vindo de Visconde do Rio Branco, André Ferraz, acompanhado da família, mostrava com orgulho o seu Volkswagen Bora, ano 2009, com rodas aro 20. “Eu tinha um Golf 2002, vendi o carro, mas continuei com as rodas. Esta foi a primeira viagem que fiz. Nas curvas não notei diferença, o carro permanece estável, mas realmente o conforto diminui em estradas ruins.”

O que diz o CTB

Rodas-02.jpgFoto: Eduardo Valente

Alterar as características originais de um automóvel – o que inclui as rodas – não é proibido pelo Código Brasileiro de Trânsito (CTB), mas alguns critérios devem ser observados. Caso contrário, o agente de trânsito pode, inclusive, solicitar o guincho para um pátio credenciado, caso a substituição não seja possível de imediato.

Conforme a resolução 292 de 2008, do Conselho Nacional de Trânsito (Contran), é proibido usar rodas e pneus que ultrapassam os limites externos dos pára-lamas, assim como alterar o tamanho do diâmetro formado pela roda e o pneu. Ou seja, se o aro for maior que o especificado, o perfil do pneu deve ser reduzido. O descumprimento custa multa de R$ 195,13 ao condutor, além da perda de 5 pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH).

O mercado está atento a estas exigências legais e disponibiliza pneus especiais para garantir esta adequação. Guilherme Cunha, da Cunha Auto Center, afirma que a demanda por personalização é alta. “A montagem é complicada e precisa ser feita por pessoal qualificado. Para garantir a segurança e cumprir as normas, fazemos todas as adaptações previstas”, disse.

De R$ 3 a R$ 12 mil

” data-cycle-speed=”750″ data-cycle-caption=”#gslideshow_captions” data-cycle-caption-template=”” > Rodas-Interior.jpg Rodas-03.jpg Rodas-04.jpg
<

>

Foto: Eduardo Valente

A personalização da roda é um feito bastante democrático, pois pode ser feita em todos os tipos de carros, passando pelo hatch e pelo sedan até chegar aos esportivos. Do Chevrolet Chevette 1979, aro 17, até um Volkswagen Polo 2018, aro 20. “Difícil traçar um perfil”, afirmou Guilherme. “Diria que os donos de carros ano 2010 são os que mais procuram, embora tenha um pouco de tudo, para os mais diferentes públicos. Tem cliente que gosta de andar com o carro baixo, aí coloca a roda grande com a tala estreita. Mas há aqueles que preferem o carro mais alto, com a roda côncava, que chamamos de taludinha.”

E quem está interessado na troca, saiba que o preço não é dos mais baixos. O conjunto de quatro rodas e pneus varia, em média, entre R$ 3 e R$ 6 mil, conforme pesquisa feita pela reportagem. Mas segundo Guilherme, existem ainda os pontos fora da curva. “Acabo de vender um conjunto com aro 22 para um Ford Fusion 2017 que custou R$ 12 mil”, disse. O que pode encarecer o preço final, também, é incluir outras alterações, como um kit de suspensão a ar.

The post Aficionados por rodas se reúnem em evento de carros modificados appeared first on Tribuna de Minas.

Clique aqui para ver esta matéria na fonte original.

Anúncios