Assim foram os últimos dias de Robin Williams


:: El Pais em 10/05/2018 15:17 ::

O suicídio de Robin Williams em 2014 apanhou todos de surpresa. Entretanto, foram muitos os sinais que indicavam que algo ia mal na vida de um dos maiores comediantes que Hollywood já conheceu. Um declínio que o jornalista Dave Itzkoff, do The New York Times, narra em sua nova biografia, intitulada Robin. “Foi um dos comediantes mais arrojados que conheci.

O artista mais arriscado”, afirma o ator Billy Crystal. Um ator que parecia ter tudo, mas que durante os seus últimos anos foi possuído pelo sentimento de ter chegado ao final. “O que vi [naquele dia] foi um homem assustado”, conta Crystal sobre uma das últimas vezes em que esteve com seu amigo e colega de profissão. O ator é uma das vozes ouvidas nesta biografia, que será lançada no próximo domingo e da qual participa também a terceira esposa de Williams, Susan Schneider, seu primogênito, Zak Williams, e sua nora, Alex Mallick, além de muitos outros atores, amigos e colegas.

Seguir leyendo.

Clique aqui para ver esta matéria na fonte original.

Anúncios