Mais de mil mães presas foram para a casa beneficiadas por decisão do STF


:: El Pais em 12/05/2018 14:57 ::

“Eu tenho quatro filhos, mas estou sendo mãe pela primeira vez”. Emocionada, a chefe de confeitaria Desirée Mendes, de 40 anos, conta que essa experiência passou a ser possível em 2012, então gestante de três meses, quando conseguiu um habeas corpus para responder em liberdade a um processo por tráfico de drogas. Acabou condenada a seis anos de prisão. Ela esteve na audiência pública na última quarta-feira (9/5), quando a Defensoria Pública de São Paulo anunciou que das 3.111 mães encarceradas em SP listadas pela SAP (Secretaria de Administração Penitenciária) e que estão sendo assistidas pelo órgão, 1.030 foram beneficiadas com a prisão domiciliar a partir da aplicação da decisão do STF.

Seguir leyendo.

Clique aqui para ver esta matéria na fonte original.

Anúncios