Com cenário global adverso, próximo Governo brasileiro terá que tirar leite de pedra


:: El Pais em 14/05/2018 12:50 ::

Um ano atrás, muitos previam a vitória de outsiders, sem experiência prévia na política, em uma série de eleições presidenciais na América Latina. Afinal, taxas de crescimento decepcionantes e a revelação de escândalos de corrupção sem precedentes em muitos países levaram a maioria dos eleitores a rejeitar toda a classe política. No entanto, até agora, as forças políticas tradicionais têm sido muito mais resilientes, como mostram os resultados das eleições no Chile, no Paraguai e na Colômbia. No Brasil, dois dos mais promissores neófitos, o apresentador de TV Luciano Huck e o ex-juiz Joaquim Barbosa, ambos vistos com chances reais de chegar à Presidência, decidiram não concorrer após longas consultas com especialistas.

Seguir leyendo.

Clique aqui para ver esta matéria na fonte original.

Anúncios