Os erros e acertos da mãe PM que matou um assaltante em SP


:: El Pais em 15/05/2018 21:40 ::

Um suspeito com arma nas mãos aparece na porta de uma escola. Há grande movimento de crianças e mães. De folga, a PM Kátia da Silva Sastre tinha ido buscar a filha. Em segundos, ela decide sacar a sua arma e atirar. São três disparos que atingem o homem, que cai, é rendido, mas não resiste aos ferimentos e morre. Afinal, a ação da policial foi correta? Especialistas ouvidos pela Ponte divergem em alguns pontos, mas, em linhas gerais, ponderaram que a reação, embora passível de críticas, seguiu os parâmetros de treinamento da PM.

Seguir leyendo.

Clique aqui para ver esta matéria na fonte original.

Anúncios