Polícia prende por acaso piloto que levou líderes do PCC para morte no Ceará


:: El Pais em 15/05/2018 17:40 ::

Policiais da Delegacia Estadual de Investigação Criminal de Goiás (Deic) não sabiam, mas prenderiam na tarde desta segunda-feira, 14, a peça-chave para entender a morte do segundo principal chefe do Primeiro Comando da Capital (PCC), em fevereiro deste ano, no Ceará. Rogério Jeremias de Simone, o Gegê do Mangue, e o comparsa Fabiano Alves de Souza, o Paca, foram atraídos para uma área indígena próxima de Fortaleza e executados. Segundo o Ministério Público, os dois estariam desviando dinheiro da facção e por isso foram cobrados.

O piloto que transportou as vítimas e os assassinos até o local seria Felipe Ramos Morais, de 31 anos, que logo depois das mortes, desapareceu.

Seguir leyendo.

Clique aqui para ver esta matéria na fonte original.

Anúncios