Projeto circense visita comunidades dos distritos de JF


:: TM Cultura em 16/05/2018 18:19 ::

Começa nesta quarta (16) em Juiz de Fora o projeto circense realizado pela Associação Pano na Roda, “De olho no duto”. O grupo realiza cortejos, oficinas, espetáculos e rodas de conversa nas comunidades que cercam a cidade (Humaitá, Igrejinha e Chapéu D’Uvas). Com ações no Rio de Janeiro, São Paulo, Minas Gerais e Espírito Santo, o projeto tem o objetivo de atingir mais de 150 mil pessoas e tem como foco destacar, através da arte do palhaço, a importância e os cuidados com os oleodutos da Transpetro que passam pelo local, e também “melhorar as condições de vida e de relacionamento entre os membros da comunidade”.

De-olho-no-duto-3-700x467.jpgO grupo realiza cortejos, oficinas, espetáculos e rodas de conversa nas comunidades que cercam a cidade (Foto: Divulgação)

A Associação Pano de Roda foi criada em 2003 e atua em cidades do interior de Minas Gerais, em outros estados e países.

O maior objetivo é buscar o estímulo e a formação de grupos de estudos e redes comunitárias de cultura, promovendo projetos, ações em redes, encontros reflexivos, espetáculo e experimentações cênicas. O projeto é uma parceria entre a Transpetro e o Instituto Cultural Escola Livre de Palhaços (Eslipa), e conta com 30 palhaços e seis companhias profissionais de teatro de rua e circo: Grupo Off-Sina (RJ), Cia Chirulico (RJ), Circo do Asfalto (SP), Pequena Trupe de Circo (SP), Associação Pano de Roda (MG) e Circo Teatro Capixaba (ES). “De olho no duto” vai visitar 101 comunidades durante dois anos, levando mais de 600 atividades artísticas.

De-olho-no-duto-2-700x462.jpgO projeto é uma parceria entre a Transpetro e o Instituto Cultural Escola Livre de Palhaços (Eslipa) (Foto: Divulgação)

O projeto foi idealizado no Rio de Janeiro pela Eslipa e coordenou vários grupos em diferentes estados, fazendo ações simultaneamente em todos os locais, buscando atrair principalmente moradores da região. “De olho no duto” acontece nesta quarta-feira em Humaitá. A programação de quinta (15) tem local em Igrejinha, com início às 15h. Já em Chapéu D’Uvas, o projeto tem início na sexta (18), às 15h, e se estende pelo sábado (19), começando às 10h. Toda a programação é gratuita e sem restrição de idade.

The post Projeto circense visita comunidades dos distritos de JF appeared first on Tribuna de Minas.

Clique aqui para ver esta matéria na fonte original.

Anúncios