De olho na renovação do Congresso, movimentos independentes disputam espaço com partidos políticos


:: El Pais em 17/05/2018 12:19 ::

RenovaBR, MBL, Raps, Brasil 21, Agora! e Livres. Acredito, Frente Favela Brasil, Ocupa Política, Nós e Frente pela Renovação. Espalhados por todo o espectro político-ideológico, uma dezena de movimentos pretende influir de formas variadas no processo eleitoral deste ano. Em um país onde 69% da população diz não confiar em partidos políticos — segundo pesquisa Datafolha do ano passado, as legendas são as instituições mais desprestigiadas do Brasil —, parte da sociedade brasileira tenta se reorganizar fora da estrutura partidária.

“É um novo ecossistema da política. Estamos tentando entrar em um sistema cujas portas estão fechadas”, diz o empresário Eduardo Mufarej, cofundador do movimento RenovaBR, que formou 134 dos candidatos que disputarão cargos neste ano. A maioria das candidaturas promovidas pelo movimentos mira os legislativos federal e estaduais, mas há também candidatos a governos e à presidência da República.

Seguir leyendo.

Clique aqui para ver esta matéria na fonte original.

Anúncios