Avaliação Institucional apresenta resultados do teste de aplicação do questionário discente


:: UFJF em 18/05/2018 09:19 ::

A Diretoria de Avaliação Institucional da Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF) realizou, na tarde da última quarta-feira, 16, no anfiteatro das Pró-reitorias, o evento de apresentação dos resultados do teste de aplicação do questionário discente e, também, das próximas etapas do projeto. A reunião foi destinada aos coordenadores dos cursos que participaram do teste.

O instrumento tem, como objetivo, o diagnóstico e o aperfeiçoamento da avaliação na instituição, seguindo as determinações da Lei nº 10.861/2004, que institui o Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (Sinaes), e da Resolução nº 13/2015 do Conselho Superior (Consu) – que trata das normas da avaliação acadêmica na UFJF.

“O questionário é composto por questões de autoavaliação do estudante, que também avalia a atuação do docente, a disciplina e a infraestrutura do curso”, explica a Diretora de Avaliação Institucional da UFJF, Michéle Farage.

A fase de testes do questionário começou em janeiro, quando discentes de alguns cursos da Universidade participaram dos testes via SIGA 3, no módulo Questionário de Avaliação das Atividades Acadêmicas.

Os cursos envolvidos nessa fase foram: Ciências Exatas; Direito; Enfermagem; Engenharia Computacional; Estatística; Ciências Contábeis; Medicina; Medicina Veterinária (todos do campus-base); e Nutrição (JF e Governador Valadares).

Michéle afirma que, neste primeiro momento, os resultados não se referem, propriamente, à avaliação das disciplinas. “Nosso objetivo foi mostrar o tipo de informação que pode ser gerada para coordenações e departamentos para que, a partir daí possam ser tomadas ações de melhoria dos cursos e projetos pedagógicos”.

No dia 21 de maio, o projeto será apresentado pela Diretoria de Avaliação Institucional aos coordenadores dos cursos do campus avançado de Governador Valadares.

Outras informações: (32) 2102-3915 – Diretoria de Avaliação Institucional

Clique aqui para ver esta matéria na fonte original.

Anúncios